Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

terça-feira, 31 Janeiro 2023
Secções
Oleanna
 

i Teatro

17 a 18 Fev

Vila Nova de Gaia

Oleanna

  • Porto
  • |
  • 26 Nov a 13 Dez
  • i Teatro
Magda Bizarro

Bovary

 
texto e encenação Tiago Rodrigues a partir de Gustave Flaubert interpretação Carla Maciel, Gonçalo Waddington, Isabel Abreu, Pedro Gil, Tónan Quito produção TNDM II a partir de uma criação original pela companhia Mundo Perfeito coprodução alkantara festival, São Luiz Teatro Municipal, TNSJ

Retrato de uma mulher que, escapando ao tédio de uma existência banal, embarca em relações adúlteras e vive muito acima das suas possibilidades, Madame Bovary é hoje considerada a obra seminal do realismo e um dos marcos da literatura mundial.

Normal 0 21 false false false PT X-NONE X-NONE /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:10.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:"Calibri","sans-serif"; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin; mso-fareast-language:EN-US;} Basta dizer-se “Bovary” em voz alta para se sentir imediatamente o cheiro a perfume e a escândalo. Retrato de uma mulher que, escapando ao tédio de uma existência banal, embarca em relações adúlteras e vive muito acima das suas possibilidades, Madame Bovary é hoje considerada a obra seminal do realismo e um dos marcos da literatura mundial. Publicado pela primeira vez em fascículos numa revista literária, o romance de Gustave Flaubert foi acolhido por uma parte da sociedade francesa como um atentado à boa moral cristã. Meses depois, o autor sentava-se no banco dos réus, acusado de obscenidade pelo Ministério Público. É deste episódio que parte Bovary, um espetáculo de Tiago Rodrigues que ousa uma adaptação da obra-prima de Flaubert sob a forma de inquérito judicial, enredando o espectador na história do romance, no processo em tribunal e na biografia do autor. Coproduzido pelo TNSJ – e escassas semanas depois de a trilogia trágica do diretor artístico do TNDM II ter ocupado o palco do São João –, Bovary visita o Porto para nos propor uma nova incursão nesse território em que arte e lei ou artistas e Estado se confrontam e travam de razões.  

 
 
Bovary
Acções do Documento
 
Localização no Mapa
 
Agenda
Janeiro
Do
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31
« Janeiro 2023 »
Newsletter