• AMP
  • |
  • 07 Abr a 31 Mai
  • i Atividades Infanto-Juvenis

Construção de uma Máscara

#FicaEmCasa com o Museu do Oriente

 

Construir uma máscara a partir de uma caixa de cereais, é a proposta do Museu do Oriente para entreter os mais novos nos próximos dias. Muito para além da vertente lúdica que lhes reconhecemos no Ocidente, as máscaras, na Ásia, cumprem importantes funções simbólicas em cultos e rituais religiosos para espantar o mal, ou atrair a sorte e prosperidade. E o acervo do Museu do Oriente integra, na coleção Kwok On, um impressionante conjunto de máscaras de toda a Ásia.

  Inspirando-se numa peça do Museu, a Chandrabhaga, usada nas representações do Chhau, teatro dançado com máscaras de Seraikala (Estado de Bihar, Índia), desafiam-se crianças de todas as idades a usar a sua criatividade para a representar. O teatro Chhau costuma ser representado durante o festival anual Chaitra Parva, nas festividades dedicadas ao ciclo agrícola que coincide com a transição da lua, do sol e das constelações. As máscaras representam deuses, personagens ou entidades cósmicas, em cenas originais, como a noite que dança com a lua, ou o sol que seduz Chandrabhaga, uma jovem rapariga. A base para a construção da máscara é uma caixa de cereais vazia. Para a decoração podem ser usados desde restos de tecidos, lãs, fitas, papéis de todo o tipo e textura. Se puder, aproveite para utilizar embalagens vazias, jornais já lidos, sacos e panfletos publicitários destinados à reciclagem. Botões, purpurinas, tintas e marcadores são outras opções. Por fim, não esquecer cola e tesoura, lápis e borracha. Veja o vídeo no Facebook do Museu -  https://www.facebook.com/watch/?v=261338751548861 1 – Instale a sua base de trabalho e reúna os materiais necessários. 2 – Abra a caixa e espalme-a. Seleccione a face a utilizar para a base e recorte, mantendo as secções laterais (para as orelhas). Dica: Não deite fora o resto da caixa, será útil para criar elementos decorativos 3- A lápis, desenhe o contorno do rosto e recorte em seguida. 4 – A lápis, marque o lugar dos olhos, nariz, boca e cabelo. Se pensa usar a máscara, tenha em atenção o posicionamento dos olhos e recorte os orifícios. Dica: utilizando um molde, é mais fácil obter olhos com a mesma forma e tamanho 5 – Recorte, cole ou pinte os elementos, dando largas à sua imaginação e materiais ao seu dispor. A Chandrabhaga do Museu é apenas um ponto de partida, deixe-se levar pelo processo! Dica: Para os elementos do toucado, use o que restou da caixa e recorte formas à sua escolha. Pode pintá-las ou revesti-las a tecido.

The Museu do Oriente (Museum of the East) invites the younger ones to make a mask out of a cereal box. Beyond their leisure use that they’re known to have in the West, in Asia masks play relevant symbolic roles in religious cults and rituals, to prevent evil or to attract luck and prosperity. The Museu do Oriente’s Kwok On collection includes an impressive set of mask from all over Asia.
Inspired by a piece from the Museum, Chandrabhaga, used for the Chhau performances, a dance theatre with Seraikala (Bihar State, India) masks, children from all ages are invited to use their creativity to reproduce it. The Chhau theatre is usually performed during the annual festival Chaitra Parva, during the festivities dedicated to the agricultural cycle paring the transition of the Moon, the Sun and the constellations. Masks represent gods, or cosmic characters or entities in original scenes, such as the Night dancing with the Moon, or the Sun seducing Chandrabhaga, a young girl.
To make the mask you would use an empty cereal box, decorated with fabrics, wool, ribbons and all kinds of paper. If you can, recycle empty packages, old newspapers, bags and advertising leaflets and use them in your work. You can also use buttons, glitter, ink and markers, not forgetting glue, scissors, pencil and eraser.
Watch the video at the Museum’s Facebook page https://www.facebook.com/watch/?v=261338751548861

Construir una máscara con una caja de cereales es la propuesta del Museu do Oriente (Museo del Oriente) para entretener a los más jóvenes en estos días. Mucho allá de la función  lúdica que tienen en el Occidente, en Asia las máscaras tienen importantes funciones simbólicas en cultos y rituales religiosos para ahuyentar el mal, o atraer a la suerte y a la prosperidad. La colección Kwok On del Museu do Oriente incluye un impresionante conjunto de máscaras de toda Asia.
Inspirándose en una pieza del Museo, la Chandrabhaga, usada en las representaciones del Chhau, teatro danzado con máscaras de Seraikala (Estado de Bihar, India), niños de todas las edades son invitados a usar su creatividad para representarla.
El teatro Chhau suele ser representado durante el festival anual Chaitra Parva, en las festividades dedicadas al ciclo agrícola que coincide con la transición de la Luna, del Sol y de las constelaciones. Las máscaras representan a dioses, personajes o entidades cósmicas, en escenas originales, como la noche danzando con la Luna, o el Sol que seduce a Chandrabhaga, una joven muchacha.
La base para la construcción de la máscara es una caja de cereales vacía, decorada con tejido, lana, cintas y todo tipo de papeles. Aproveche para reciclar envases vacíos, periódicos viejos, bolsas y folletos publicitarios, además de botones, purpurinas, tintas y marcadores, sin olvidar pegamento, tijera, lápiz y goma.
Vea el video en el Facebook del Museo - https://www.facebook.com/watch/?v=261338751548861

 
 
#FicaEmCasa com o Museu do Oriente
Acções do Documento
 
 
Agenda
Junho
Do
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30
« Junho 2020 »
Newsletter