Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

sexta-feira, 3 Fevereiro 2023
Secções
António Carneiro, O poeta com pincéis
 

i Exposições Temporárias

30 Out a 26 Fev

Matosinhos

António Carneiro, O poeta com pincéis

  • Espinho
  • |
  • 19 Mai a 24 Jul
  • i Exposições Temporárias

Intermitências Humanas, de Lina Carvalho

  • Museu Municipal de Espinho
  • |
  • De segunda a sexta-feira das 10:00h às 17:00h; Sábado das 10:00h às 13:30h e das 14:30h às 18:00h; Encerra aos domingos e feriados.

 

Olhar e pensar o humano é uma tarefa complexa mas, bela. Pois é uma fonte infinita. A nossa capacidade criativa e de reinvenção distingue-nos do resto da vida animal.  

Alguns dos meus trabalhos cristalizam simbolicamente alguns pormenores do que nos define. Tanto positivamente como pelo contrário. No Mito da Caverna de Platão, sempre actual, questiono o fato de o ser humano, por comodismo, afastar-se do intelecto. Hoje, na era da informação global, o conhecimento parece ser cada vez mais superficial…    Em KHRONOS o espaço-tempo é gerido por uma máquina sem dimensões.    ANTÍGONA, exemplo de resistência feminina e humana as adversidades.    Com METAMORFOSE, a reflexão é sobre o engenho humano e a sua capacidade de reconstrução.    NO LIMIAR DA RAZÃO, DOS SONHOS E, DA VAIDADE, transporto a reflexão para dicotomias como à razão e a loucura; o real e à fantasia; e o dilema muito actual “saúde ou aparência” (nem sempre se opõem... mas a tirania da imagem muitas vezes prejudica a primeira).    Finalmente, em FAITH II questionei-me sobre a esperança e a fé (em nos), características específicas da nossa espécie. Elas alimentam à nossa capacidade de resiliência. Abrem novos horizontes e consequentemente novas vivências.      LINA CARVALHO


To observe and think about the human being is a complex, but beautiful task. An endless source. Our creative and reinventive capacity distinguishes us from the rest of animal life. Some of my works symbolically crystallize some of the details that define us, both in a positive and the opposite way. With the Plato’s Cave Myth, always going, I question the fact that the human being distances itself from the intellect out of selfishness. Today, in the global information era, knowledge seems to become more and more superficial… With KHRONOS, time-space is managed by a machine with no dimensions. ANTÍGONA, example of female and human resistance to adversity. With METAMORFOSE, I consider the human talent and capacity of reconstruction. With NO LIMIAR DA RAZÃO, DOS SONHOS E, DA VAIDADE I direct my reflection to dichotomies such as reason and madness; reality and phantasy; and the current dilemma “health or appearance” (not always opposite… but the tyranny of looks often harms the first one).   Finally, with FAITH II I questioned hope and faith (in ourselves), that characterize our species. They feed our resilience and offer new horizons, therefore new experiences.
LINA CARVALHO


Mirar y pensar el humano es una tarea compleja, pero bella. Es una fuente infinita. Nuestra capacidad creativa y de reinvención nos distingue del resto de la vida animal. Algunos de mis trabajos cristalizan simbólicamente algunos detalles de lo que nos define, tanto positivamente como al contrario. En el Mito de la Caverna, de Platón, siempre actual, cuestiono el facto del ser humano, por egoísmo, alejarse del intelecto. Hoy, en la era de la información global, el conocimiento parecer ser cada vez más superficial… En KHRONOS el espacio-tiempo es dirigido por una máquina sin dimensiones. ANTÍGONA, ejemplo de resistencia femenina y humana a las adversidades. En METAMORFOSE la reflexión es sobre el ingenio humano y su capacidad de reconstrucción. En NO LIMIAR DA RAZÃO, DOS SONHOS E, DA VAIDADE transporto la reflexión para dicotomías como la razón y la locura; el real y la fantasía; y el dilema muy actual “salud o apariencia” (ni siempre se oponen… pero la tiranía de la imagen muchas veces perjudica la primera). Finalmente, en FAITH II me cuestioné sobre la esperanza y la fe (em nosotros), características específicas de nuestra especie. Ellas alimentan nuestra capacidad de resiliencia. Abren nuevos horizontes y consecuentemente nuevas vivencias.
LINA CARVALHO

 
 
Intermitências Humanas, de Lina Carvalho
Acções do Documento
 
 
Agenda
Fevereiro
Do
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
« Fevereiro 2023 »
Newsletter