• Porto
  • |
  • 29 Abr a 10 Jun
  • i Exposições Temporárias

Gerardo Burmester - Luxuosas Feridas

  • Galeria Fernando Santos
  • |
  • Segundas e Sábados: 15h - 19:30h Terças, Quartas, Quintas e Sextas: 10h - 12:30h e 15h - 19:30h

 
Exposição de 11 trabalhos recentes de Gerardo Burmester

Gerardo Burmester (Porto, 1953) Vive e trabalha no Porto. Inicia a apresentação do seu trabalho na segunda metade da década de 70, desenvolvendo várias acções performativas e configurando uma obra pictórica que associa referências neoromânticas à crítica irónica da condição da pintura e dos seus temas na situação portuguesa e internacional do momento. A obra de Burmester revela-se hoje como uma das mais significativas do contexto da arte contemporânea portuguesa, dentro da geração de artistas que surgiu na década de 80, tendo sido um dos artistas conceptuais de maior relevo da década de 70, e realizado instalações de flagrante originalidade estética e experimental. Foi membro do Grupo Puzzle e fundou e dirigiu em 82, com Albuquerque Mendes, o Espaço Lusitano, no Porto. Em finais da década de 80, a obra de Burmester passa a utilizar o objecto e a instalação espacial como propostas de um teatro dos lugares por ela reinventados, aproximando e distanciando o espectador em jogos de sedução visual tão atractivos quanto frios no perfeccionismo intocável dos materiais utilizados: madeira folheada, alumínio polido, feltro industrial. Actualmente, o artista apresenta um conjunto de elementos coloridos de alumínio polido cujos volumes pontuam o lugar num itinerário que tanto reflecte a imagem do espectador como sublinha a exterioridade deste em relação ao alinhamento daqueles no espaço. Peças de consideráveis dimensões assinalam outro novo elemento de pesquisa: o acrílico e as suas potenciais “transparências”.

 
 
Gerardo Burmester - Luxuosas Feridas
Acções do Documento
 
Localização no Mapa
 
Agenda
Março
Do
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31
« Março 2021 »
Newsletter