Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

sexta-feira, 26 Fevereiro 2021
Secções
Serralves On Line Experience
 

i Exposições Temporárias

15 Jan a 01 Abr

AMP

Serralves On Line Experience

  • Valongo
  • |
  • 05 Dez a 31 Jan
  • i Exposições Temporárias

Liminal

 

"Liminal", a nova exposição da Galeria Museológica do Fórum Cultural de Ermesinde, inaugura, às 21h, dia 09 de dezembro de 2020 e estará patente até dia 31 de janeiro de 2021. Daniela Pinheiro, Ivan Postiga e Maria Regina Ramos, alunos do Programa Doutoral de Artes Plásticas da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e investigadores integrados do Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade (i2ADS) tomam, como ponto de partida, a “condição pessoal e as características idiossincráticas de cada artista”.

Daniela Pinheiro, com base nas noções de “grelha” ou “mapa pictórico”, apresenta um mundo geométrico que, lido à luz da sua investigação teórica e prática, problematiza conceitos como “autonomia” e “autorreferencialidade” em pintura, apontando para um estudo visual e conceptual dos fenómenos morfológicos de transformação e transmutação da cor. Ivan Postiga, parte de uma investigação em torno do conceito de “experimentação radical”, para apresentar um universo visual, difuso, metamórfico e hipotético onde a questão do “jogo”, dos processos de transformação e apropriação do real, da noção de gesto e autoria, surgem intimamente problematizados via noções de acaso, aleatoriedade e indeterminação. Maria Regina Ramos, convoca uma visão que, assente na fragmentação do real, questiona os limites percetivos do conceito de “território”, interligando uma experimentação fenomenológica, cinestésica e vivencial de um micro e macro “cosmo” de natureza arqueológica, a uma resignificação da noção mais convencional de paisagem. Com entrada gratuita, esta exposição pode ser visitada durante o horário de funcionamento do Fórum Cultural de Ermesinde, de terça-feira a sexta-feira, das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30, ao sábado das 15h às 19h e das 21h às 23h e ao domingo das 15h às 18h (horário sujeito a alterações por imposição legal). Serão respeitadas as normas estabelecidas pela DGS.


Daniela Pinheiro, Ivan Postiga and Maria Regina Ramos, all of them plastic arts doctorate students in the Faculty of Fine Arts of the Porto University and researchers in the Research Institute of Art, Design and Society (i2ADS), base their work on “the personal condition and idiosyncratic characteristics of each artist”.
Daniela Pinheiro, based on the notions of “table” or “pictorial map”, presents a geometrical world which, read upon her theoretical and practical research, questions concepts such as “autonomy” and “self-reference” in painting, pointing towards a visual and conceptual study of morphological phenomena of transformation and transmutation of colour.
Ivan Postiga, begins with a research around the concept of “radical experimentation” to present a visual, diffuse, metamorphic and hypothetical universe in which the subject of “the game”, the processes of transformation and appropriation of reality, the notion of gesture and authorship arise intimately questioned through notions of chance, randomness and indetermination. 
Maria Regina Ramos evokes a vision which, based on the fragmentation of reality, questions the perceptive limits of the concept of “territory”, interweaving a phenomenological, kinaesthetic and experiential trial of a micro and a macro “cosmos” of archaeological nature with a re-signification of the most conventional notion of landscape.


Daniela Pinheiro, Ivan Postiga y Maria Regina Ramos, alumnos del programa de doctorado en artes plásticas de la Facultad de Bellas Artes de la Universidad de Porto e investigadores del Instituto de Investigación en Arte, Design y Sociedad (i2ADS) eligen como punto de salida la “condición personal y las características idiosincráticas de cada artista”.
Daniela Pinheiro, con base en las nociones de “tabla” o “mapa pictórico”, presenta un mundo geométrico que, leído a la luz de su investigación teórica y práctica, problematiza conceptos como “autonomía” y “autoreferencia” en pintura, apuntando a un estudio visual y conceptual de los fenómenos morfológicos de transformación y transmutación del color.
Ivan Postiga, empieza con una investigación alrededor del concepto de “experimentación radical” para presentar un universo visual, difuso, metamórfico y hipotético en él que la cuestión del “juego”, de los procesos de transformación y apropiación del real, de la noción de gesto y autoría surgen íntimamente problematizados a través de nociones de acaso, aleatoriedad e indeterminación.
Maria Regina Ramos convoca una visión que, basada en la fragmentación del real, cuestiona los límites perceptivos del concepto de “territorio”, conectando una experimentación fenomenológica, cinestésica y vivencial de un micro y macro “cosmos” de naturaleza arqueológica a una resignificación de la noción más convencional de paisaje.        

 
 
Liminal
Acções do Documento
 
Localização no Mapa
 
Agenda
Fevereiro
Do
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28
« Fevereiro 2021 »
Newsletter