• Matosinhos
  • |
  • 06 Abr
  • i Teatro

Odeio este tempo detergente

 
Não é possível fazer a história da poesia portuguesa do século XX sem falar de Ruy Belo. Um corpo poético que entre 1961 e 1978, ano da sua morte prematura, não deixou ninguém indiferente. Uma obra à qual não é possível colar rótulos e que é atravessada por uma ideia de construção feita de casas, pássaros, árvores, homens em trânsito, jogos de luzes e sombras com o espaço e o tempo. Em Ruy Belo o humanismo não se explica, expõe-se através de perplexidades.

Direção artística: Ana Nave Interpretação: Maria João Luis e Ana Nave Selecção de poemas e dramaturgia: Rui Lagartinho Direcção Musical e interpretação: José Peixoto Desenho de luz e Direção Técnica: João Cachulo Operação Técnica em digressão: João Cachulo e Sérgio Joaquim Vídeo e Fotografias: Nuno 'Azelpds' Almeida Figurinos: Rafaela Mapril Produção executiva: Mónica Talina e Vítor Alves Brotas Apoio à circulação: Fundação GDA Uma co-produção São Luiz Teatro Municipal com Arte33 Maiores de 12 anos Preço dos bilhetes 7,50€. Para crianças até aos 14 anos, estudantes e maiores de 65 anos: 5€, Desconto de 20% para compras superiores a 10 bilhetes.

 
 
Odeio este tempo detergente
Acções do Documento
 
 
Agenda
Agosto
Do
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31
« Agosto 2020 »
Newsletter