• Santa Maria da Feira
  • |
  • 12 Mai
  • i Etc

Recriação de um Serão à Moda Antiga

 
Organização: Museu de Santa Maria de Lamas/ Associação Grupo de Danças e Cantares Regionais da Feira

Até meados da primeira metade do século XX, nas casas de lavradores abastados cultivava-se muito linho, que era necessário para a confeção do vestuário das pessoas e das demais peças de tecidos de uso doméstico. O linho, depois de colhido e preparado para transformar em fiado, requeria todo um trabalho de preparação das fibras desde o estrigar, espadelar, assedar, fiar, ensarilhar, enovelar, até urdir a teia, que era feito ao serão.

O mordomo da casa avisava as criadas, as caseiras e as vizinhas, de que em tal dia havia serão. Durante o serão as mulheres cantavam cantigas, ditas de trabalho e, por vezes, apareciam serandeiros. A meio do serão era servida a merenda e no fim dos trabalhos havia dança. Os homens sabiam onde havia um serão e apareciam para a festa. O baile acontecia, animado pelos tocadores de viola e concertina, como sempre, no fim dos trabalhos em grupo.

 
 
Recriação de um Serão à Moda Antiga
Acções do Documento
 
 
Agenda
Agosto
Do
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
« Agosto 2019 »
Newsletter