• Porto
  • |
  • 25 Mai
  • i Etc

Impressora offset

Um Objeto e Seus Discursos por Semana

 
Participação gratuita mas limitada à lotação indicada para cada sessão. Garanta o seu lugar, levantando semanalmente bilhete (máximo dois por pessoa) em www.bilheteiraonline.pt ou nos locais habituais. Limite de participantes: 80 Mais informações: patrimoniocultural@cm-porto.pt | (+351) 223 393 480

A rotativa MAN Werk Augsburg foi a primeira impressora offset de jornais que existiu em Portugal. Corria o ano 1969 quando foi comprada pela Renascença Gráfica, empresa proprietária do Diário de Lisboa. O importante vespertino na oposição ao regime de Salazar/Caetano foi então o primeiro jornal português a imprimir-se em offset (fora de lugar). Esta técnica de impressão é baseada na repulsão entre a água e a tinta gordurosa e surgiu na segunda metade do século XX, trazendo mais qualidade e rapidez à impressão. A rotativa offset marca assim uma época de grande transformação gráfica e ainda hoje, apesar da revolução digital, o sistema continua a dar cartas em muitos jornais em todo o mundo. Luís Humberto Marcos mostra-nos este objeto que recentemente veio enriquecer a coleção do Museu Nacional da Imprensa e chama à conversa os jornalistas Artur Portela e Nassalete Miranda. 

 
 
Um Objeto e Seus Discursos por Semana
Acções do Documento
 
 
Agenda
Maio
Do
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31
« Maio 2020 »
Newsletter